Tereza Cristina afirma que cooperativas precisam de capital de giro

Segundo a ministra, o produtor está vendendo soja e vendendo o grão futuro com dólar a R$ 5,40, que para ele é um bom negócio

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que as cooperativas estão precisando de capital de giro, diante da crise do coronavírus. Entretanto, não disse o que a pasta está pensando, no momento, sobre alguma subvenção a essas empresas.

“As cooperativas precisam de capital de giro. O produtor está vendendo soja e vendendo o grão futuro com dólar a R$ 5,40, que para ele é um bom negócio”, disse a ministra, em live promovida pelo banco Credit Suisse.

“Essas empresas têm de ter dinheiro e o produtor vai continuar a produzir porque não sabe fazer outra coisa.” Ela comentou que “não entende” o risco que as instituições privadas veem nisso (em financiar capital de giro ao setor agropecuário). “Criou-se o hábito de o governo sempre fazer a subvenção. Mas temos de quebrar esse paradigma”, defendeu a ministra, dizendo que, embora haja setores mais complicados (quanto ao risco de inadimplência), há outros, por exemplo, como soja e milho, que “não podem ter inadimplência”.

“Tenho conversado isso com o Banco do Brasil sobre inadimplência, mas soja e milho não podem ter inadimplência; eles (os produtores) têm de pagar, converso sempre com o setor”, disse, e continuou: “Têm de pagar para ter crédito novo e confiança do mercado de que esse setor é realmente funcional”.

Tereza Cristina reforçou que a iniciativa privada participe desse financiamento. “Temos de arrumar uma maneira de financiar esses (agricultores) que já estão e são produtivos e o governo cuidar dos pequenos e médios, que são mais complicados.”

Ela lembrou, ainda, de uma importante ferramenta, a subvenção ao prêmio do seguro rural. “Não só eu, como outros ministros que me antecederam, lutaram para ampliar esses recursos”, disse. “Consegui aumentar muito o valor (da subvenção) ao seguro. Porque acho que é isso o que vai dar um pouco mais de independência do dinheiro do Tesouro, que a gente sabe que é escasso.”

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO | Ele quer todo gado na sombra

VEJA os destaques da edição de maio e o Especial Instalações e Equipamentos; na capa, a Agropastoril Campanelli investe em cobertura metálica dos currais e comprova ganho de mais de meia arroba por animal engordado na sombra

Revista DBO | Ele quer todo gado na sombra

VEJA os destaques da edição de maio e o Especial Instalações e Equipamentos; na capa, a Agropastoril Campanelli investe em cobertura metálica dos currais e comprova ganho de mais de meia arroba por animal engordado na sombra

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.