[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Tinha um Senepol no caminho

Uma mudança de planos repentina, 14 anos atrás, transformou a história da Agropecuária 3G, hoje uma das mais importantes produtoras de genética da raça

Tourinhos prontos para a venda na Fazenda Santa Inês, em Barretos, SP.

Por Larissa Vieira

Foi por um desses acasos da vida que a trajetória da família Garcia na pecuária de corte foi mudada da “água para o vinho”. Até quase o fim da década de 2000, Paulo Eduardo, Wilma e os filhos Sebastião e Eduardo tocavam a Fazenda Santa Inês, em Barretos, noroeste de São Paulo, herdada de Sebastião Garcia, pai de Paulo Eduardo, com agricultura e pecuária de corte (recria e engorda de gado comercial).

Era o ano de 2007 e o então estudante de medicina veterinária Sebastião – hoje conhecido como Neto Garcia – estava prestes a realizar o sonho de fazer um estágio no Cactus Feeder, considerado o maior confinamento de gado do mundo, em Amarillo, no Texas, sul dos Estados Unidos. Mas as coisas não saíram como o previsto e ele teve de buscar outro local. “Fui para a Sacramento Farms, propriedade localizada em Okeechobee, no Estado da Flórida, que pertence ao criador brasileiro Sebastião Fogaça de Aguiar, amigo da minha família. Lá, fiquei alguns meses aprendendo muito sobre a criação e seleção bovina”, lembra o criador.

Foi ali que ele conheceu a raça Senepol, selecionada por Aguiar desde o ano 2000, tanto com base na genética então disponível nos EUA, como nas Ilhas Virgens Britânicas, no Caribe, origem da raça. Durante o estágio, Neto Garcia descobriu que aquele não era seu primeiro contato com a raça e que, alguns anos antes, a família tinha adquirido algumas novilhas cruzadas, de ótimo desempenho, sem saber sua origem.

“Nos Estados Unidos, fiquei sabendo que eram animais da Sacramento Farms. Aí, me aprofundei no aprendizado sobre a raça, voltei outras vezes (de férias) na propriedade e, então, decidi que criaria Senepol no Brasil”, conta.

Já formado veterinário, Neto Garcia retornou, em 2009, à Sacramento Farms, desta vez com toda a família, para que pudessem conhecer a raça. O resultado da visita foi a aquisição de 55 embriões, transformados, um ano depois, nos primeiros produtos da Senepol 3G – grife da Agropecuária 3G, que também trabalha com agricultura orgânica –, atualmente um dos principais criatórios da raça no País. “Até hoje, temos em nosso plantel doadoras oriundas dos embriões importados dos Estados Unidos. Ao longo desses 12 anos, fomos incorporando tecnologias ao nosso sistema de seleção para produzir um Senepol dentro das necessidades da pecuária brasileira”, define.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Veja também: