[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Estância Bela Vista: Tradição tocada por mãos femininas

Celina Maciel comanda cabanha gaúcha famosa por seu plantel Braford, com 40 touros em centrais e vários compeonatos de rústicos na prateleira

Celina Gladys Albornoz Maciel, na Estância Bela Vista: mesma paixão que o avô tinha pelo gado Hereford.

Por Larissa Vieira

Berço do Braford, o Rio Grande do Sul responde por 60% da comercialização de sêmen dessa raça sintética. Segundo dados da Asbia (Associação Brasileira de Inseminação Artificial), o Estado movimentou, em 2020, um total de 232.552 doses de sêmen de Braford (no Brasil todo, foram 376.741 doses). Em relação a 2019, as vendas gaúchas cresceram 28% e deverão continuar nessa toada em 2021, pois a demanda por animais de qualidade superior tem aumentado.

É o que prevê Celina Gladys Albornoz Maciel, titular da Estância Bela Vista, localizada no município de Sant’Ana do Livramento, na fronteira sudoeste do Rio Grande do Sul com o Uruguai. “Este momento é muito positivo para o mercado pecuário. O produtor quer investir em genética de qualidade para agregar valor à produção e, assim, ter maior rentabilidade”, salienta.

História de sucesso

Terceira geração à frente da Bela Vista, Celina vivenciou todas as etapas de consolidação do Braford no País. A raça foi reconhecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em 2003, mas sua formação nos campos sulinos teve início pelo menos 30 anos antes.

“Meu avô Thomaz Albornoz, um espanhol que veio de uma família humilde, iniciou na pecuária em 1920 com produção de lã e depois de bovinos de corte. Ele era apaixonado pelo campo e envolveu os filhos na atividade. Tinha uma preferência pela genética de Hereford e Polled Hereford do Uruguai. Muitas vezes escolhia os touros com base nos resultados dos julgamentos. Ele dizia que quem escolhia o touro não era ele, era o jurado”, lembra Celina, que é a mais nova de quatro irmãos.

Na década de 80, já com uma boa base genética de animais puros, a família decidiu investir na formação do Braford. Quem estava no comando da Bela Vista na época era o pai de Celina, Roberto Maciel (genro de Albornoz), um grande adepto do melhoramento genético. Os filhos Roberto Thomaz e José Luiz, que na época, participavam da gestão do negócio, iniciaram cruzamentos entre Nelore e Polled Hereford. A Bela Vista foi uma das primeiras cabanhas da região a apostar nesse tipo de acasalamento para obtenção de produtos Braford.

Dentro da filosofia de usar as mais diversas técnicas para ter um rebanho de consistência genética, a cabanha conseguiu chegar ao plantel que hoje é referência nacional, acumulando mais de 40 touros contratados por centrais de inseminação ao longo de sua existência. “Nosso primeiro touro Braford em central foi Pisteiro, campeão rústico da Expointer em 2003”, lembra. Desde 2005, Celina está à frente da seleção.

Foco econômico

Atualmente, o rebanho é composto por 90% de animais Braford, que serve de base, inclusive, para o gado comercial (os outros 10% são compostos pelo plantel de Polled Hereford, mantido para conservar essa genética centenária).

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

This post is only available to members.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.