UE reconhece norte da Patagônia argentina como livre de aftosa sem vacinação

A partir de agora podem ser exportados produtos, como carne bovina e ovina, da Patagônia Norte A com os mesmos requisitos que o restante da Patagônia para o bloco europeu

A União Europeia (UE) anunciou que reconheceu o norte da Patagônia argentina como área livre de aftosa, sem vacinação, igualando a região com o restante da Patagônia. A informação, em nota, é da Secretaria de Governo do Agronegócio da Argentina.

Conforme a secretaria, a partir de agora podem ser exportados produtos, como carne bovina e ovina, da Patagônia Norte A com os mesmos requisitos que o restante da Patagônia para o bloco europeu.

Continue a leitura após o anúncio
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.