USDA surpreende mercado e eleva previsão para produção de milho

Governo dos EUA aumentou sua projeção para a safra 2019/20 de 346,99 milhões para 347,78 milhões de toneladas

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) elevou nesta sexta-feira, 10 de janeiro, suas estimativas de produção e rendimento para o milho, surpreendendo o mercado. Em seu relatório mensal de oferta e demanda, publicado mais cedo, o governo dos EUA aumentou sua projeção para a safra 2019/20, de 13,661 bilhões para 13,692 bilhões de bushels (346,99 milhões para 347,78 milhões de toneladas).

Analistas consultados pelo Wall Street Journal projetavam 13,494 bilhões de bushels (342,75 milhões de toneladas). O rendimento passou de 167 para 168 bushels por acre (10,48 para 10,55 toneladas por hectare), ante previsão do mercado de 165,9 bushels por acre (10,41 toneladas por hectare). “Eu achava que a produção de milho seria reduzida”, disse Doug Bergman, diretor de serviços agrícolas da RCM Asset Management.

Quanto à soja, o governo dos EUA elevou levemente sua estimativa de produção, de 3,550 bilhões para 3,558 bilhões de bushels (96,62 milhões para 96,84 milhões de toneladas). Os analistas esperavam um corte para 3,519 bilhões de bushels (95,78 milhões de toneladas).

Continue a leitura após o anúncio

A produtividade foi elevada de 46,9 para 47,4 bushels por acre (3,15 para 3,19 toneladas por hectare), enquanto o mercado previa 46,6 bushels por acre (3,13 toneladas por hectare). A projeção para estoques de milho ao fim da temporada 2019/20 foi reduzida de 1,910 bilhão para 1,892 bilhão de bushels (48,51 milhões para 48,06 milhões de toneladas), enquanto analistas esperavam 1,753 bilhão de bushels (44,53 milhões de toneladas).

As reservas finais de soja foram mantidas em 475 milhões de bushels (12,93 milhões de toneladas), ante previsão de analistas de 432 milhões de bushels (11,76 milhões de toneladas). O USDA reduziu sua previsão para estoques finais de trigo, de 974 milhões para 965 milhões de bushels (26,51 milhões para 26,27 milhões de toneladas).

O mercado esperava 972 milhões de bushels (26,46 milhões de toneladas). O USDA divulgou também nesta sexta-feira seu relatório trimestral de estoques, e estimou as reservas de soja em 1º de dezembro de 2019 em 3,252 bilhões de bushels (88,51 milhões de toneladas), de 3,746 bilhões de bushels (101,96 milhões de toneladas) um ano antes.

Analistas previam um volume menor, de 3,179 bilhões de bushels (86,53 milhões de toneladas). Os dados mostraram que os estoques de milho nos EUA em 1º de dezembro somavam 11,389 bilhões de bushels (289,28 milhões de toneladas). Analistas esperavam 11,416 bilhões de bushels (290 milhões de toneladas).

Já os estoques de trigo estavam abaixo do esperado no começo de dezembro. O USDA disse que as reservas no começo do mês passado totalizavam 1,834 bilhão de bushels (49,92 milhões de toneladas), em comparação a 2,009 bilhões de bushels (54,68 milhões de toneladas) um ano antes. O mercado estimava um número maior, de 1,922 bilhão de bushels (52,31 milhões de toneladas).

O USDA disse ainda que produtores dos EUA semearam 30,8 milhões de acres (12,46 milhões de hectares) com variedades de trigo de inverno em outubro e novembro do ano passado, referente à safra 2020/21. O número ficou abaixo da área de 2019, de 31,2 milhões de acres (12,63 milhões de hectares), mas em linha com a expectativa de analistas, de 30,7 milhões de acres (12,42 milhões de hectares).

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Notícias relacionadas:

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Cadastre-se e receba nossas notícias

Todos os dias no seu e-mail melhor conteúdo do agronegócio. 

Quais newsletter você gostaria de receber?
Notícias diárias (resumo do dia)Jornal de Leilões (semanal)