Vendas de máquinas agrícolas avançam 64,5% em janeiro

Dados divulgados pela Anfavea apontam que no mês de janeiro 2.636 unidades foram vendidas no Brasil
Foto: Pixabay

A Associação Nacional de Veículos Automotores (Anfavea) divulgou na quarta-feira, 6 de fevereiro, o balanço total de resultados da indústria automobilística. Os dados apontam que as vendas internas totais de máquinas agrícolas e rodoviárias no atacado atingiram 2.636 unidades em janeiro desse ano, alta de 64,5% em relação a janeiro de 2018, quando foram vendidas 1.602 unidades. Porém houve recuo de 40,1% comparado a dezembro de 2018, quando foram vendidas 4.403 máquinas.

+Índice de confiança do agro bate recorde no 4 tri de 2018
+AGCO espera crescer de 5% a 10% nas vendas de máquinas

“A queda verso dezembro já é mais ou menos esperada pela questão da sazonalidade. O número não é ruim , está começando o ano. Há otimismo dentro do setor que a gente começa a ver pelas infraestruturas. Devemos ter uma safra muito boa, talvez não seja o recorde, os preços dos commodities está com números bastantes razoáveis indicando uma boa rentabilidade no setor”, declarou o presidente da Anfavea, Antonio Carlos Megale, durante a coletiva.

A produção de máquinas agrícolas em janeiro foi de 2.819 unidades, avanço de 3,5% em relação ao mesmo período do ano passado (2.724 unidades produzidas). Diminuição de 49,2% em comparação ao mês de dezembro, em que foram fabricadas 5.544 unidades.

As exportações de máquinas agrícolas e rodoviárias fechou o mês de janeiro com 693 unidades, baixa de 21,6% em comparação ao mês de dezembro de 2018 (884 unidades exportadas). Em relação ao mesmo mês do ano passado, o recuo foi de 10,6%, quando foram vendidas 775 unidades para fora do país.

Em valores, as exportações de máquinas agrícolas encerraram o mês de janeiro com U$$ 232,86 milhões, alta de 6,1% na comparação com dezembro. Redução de 23% em relação a janeiro de 2018, em que os valores das vendas chegaram a U$$302,40 milhões.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.