Volume entregue de fertilizantes em 2019 foi 2,1% superior ante 2018

Segundo a Anda, somente em dezembro o volume entregue registrou alta de 11,1% na comparação com igual mês de 2018

As entregas de fertilizantes no mercado brasileiro em 2019 superaram em 2,1% o volume registrado em 2018. Foram 36,2 milhões de toneladas, contra 35,5 milhões no ano anterior, segundo dados da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).

Em dezembro, o volume entregue chegou a 2,632 milhões de toneladas, 11,1% acima do contabilizado em igual mês de 2018. A produção nacional no ano passado totalizou 6,830 milhões de toneladas, 16,4% a menos que um ano antes. Em dezembro, foram produzidas 592,4 mil toneladas de adubos, queda de 18,3% na comparação anual.

O País importou 7,3% mais fertilizantes intermediários no último ano, cerca de 29,5 milhões, mas em dezembro o volume importado, de 2,4 milhões de toneladas, foi 9,2% menor do que em igual mês de 2018, de acordo com a Anda.

Ao fim de 2019, os estoques de fertilizantes no Brasil somavam 6,6 milhões de toneladas, 9,1% a mais do que o apurado um ano antes.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Sou pecuarista e esse frigorífico é meu

Leia a Revista DBO que encerra o ano de 2020. Ela conta a mais nova façanha da Cooperaliança, a primeira cooperativa a verticalizar a cadeia da carne bovina, além de trazer outras 25 reportagens e artigos.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.