[full-banner-1170-x-134-home-geral1]

Sorte do solo, azar do cupim

Engenheiro mecânico inventa aerador que obteve “Patente Verde”, por ajudar a recuperar pastagens compactadas e ainda destruir cupinzeiros de montículo

Versão atualizada do aerodor que destrói cupizeiros.

Por Carolina Rodrigues

Quando DBO conheceu o engenheiro mecânico Manoel Ávila Neto, em novembro de 2017, ele acabava de ganhar o Prêmio Sistema Famato (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso) por inovações no campo. Seu projeto de um aerador de solo, na época ainda em desenvolvimento, chamava a atenção por três fatores: era feito especialmente para uso em pastagens, tinha capacidade para destruir cupins de montículo e concorria à Patente Verde, atribuída a produtos que contribuem para a sustentabilidade ambiental, concedida, enfim, em setembro passado. “Foram anos de pesquisa e um longo processo até a obtenção desse registro. Para os próximos meses, nossa expectativa é estruturar a parte comercial”, informa Neto.

O equipamento é uma espécie de releitura do aerador tradicional, já que além do eixo e flanges grandes, que dão maior sustentação ao implemento, é composto por várias peças cilíndricas parecidas com “rolos-faca” grandes e pesados, que permitem transpor com facilidade obstáculos encontrados nas pastagens, sejam eles cupins de montículo ou tocos.

A invenção de Neto supre uma necessidade de quem sofre com esse tipo de problema na fazenda, uma vez que os equipamentos hoje existentes no mercado têm um chassi mais simples e facas descompactadoras fixadas em eixos relativamente finos, portanto, bem mais frágeis. “Não é somente o cupinzeiro que atrapalha o processo de aeração. Normalmente, o pecuarista encontra muita dificuldade nessa tarefa, daí a ideia de fazer um equipamento mais robusto e funcional”, diz.

Para continuar lendo é preciso ser assinante.

Você merece este e todo o rico conteúdo da Revista DBO.
Escolha agora o plano de assinatura que mais lhe convém.

Invista na melhor informação. Uma única dica que você aproveite pagará com folga o valor da assinatura.

Se já é assinante, entre com sua conta

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Veja também: