Bolsonaro sugere que redução de preço do combustível depende dos Estados

Presidente disse em sua conta no Twitter, que 'quase 1/3 do produto final é ICMS'

O presidente da República, Jair Bolsonaro, foi às redes sociais para sugerir que uma redução de preço do combustível depende dos Estados, através do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

“Como reduzir o preço dos combustíveis? Quase 1/3 do produto final é ICMS. Boa dia a todos!”, escreveu em seu Twitter na manhã desta quinta-feira, 9.

Continue a leitura após o anúncio

A mensagem já havia sido postada em sua conta no Facebook na noite da quarta-feira, 8. Na mesma postagem, Bolsonaro publicou um vídeo de entrevista recente na saída do Palácio da Alvorada em que fala de um projeto que tramita na Câmara que, segundo ele, reduziria ao menos 20% do preço do litro do álcool através da venda direta do produto.

+Preço do etanol no Brasil tem chance de subir com tensão no Oriente Médio

“Queremos que o usineiro pegue um caminhão regular e entregue o etanol no posto. Hoje, ele é obrigado a passar por um distribuidor” disse. O presidente ainda afirmou que o projeto está travado no Parlamento pois “existem grupos que querem criar um imposto sobre a venda direta”.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO