BRF anuncia investimentos de R$ 643 milhões em Santa Catarina

O anúncio foi feito pelo CEO global da empresa, Lorival Luz, durante reunião virtual com o governador Carlos Moisés da Silva, nesta terça-feira, 8

Uma das maiores companhias de alimentos do mundo, a BRF anunciou o investimento de R$ 643 milhões em Santa Catarina. Os recursos serão destinados para modernização e ampliação de plantas, além da construção de uma nova unidade produtiva, nos municípios de Capinzal, Concórdia e Videira.

O anúncio foi feito pelo CEO global da empresa, Lorival Luz, durante reunião virtual com o governador Carlos Moisés da Silva, nesta terça-feira, 8.

“A BRF tem um impacto muito grande na economia de Santa Catarina e na geração de renda nos municípios. Somos parceiros do setor produtivo e trabalharemos juntos para mantermos nosso status de estado mais seguro, com mais qualidade de vida e destaque na geração de empregos. Esses investimentos beneficiarão toda a sociedade catarinense”, ressalta o governador Carlos Moisés.

A empresa irá direcionar os recursos para ampliar o volume de produção nas unidades de Capinzal e Concórdia, gerando 159 novos empregos. Já a planta de Videira ganhará uma nova fábrica de linguiça cozida, com a abertura de 250 postos de trabalho.

“Geramos 21,2 mil empregos diretos e contamos com mais de 4,7 mil produtores integrados. Queremos avançar na nossa agenda de crescimento rumo à Visão 2030 e seguindo nosso propósito de levar vida melhor a todos com integridade, segurança e qualidade”, destaca o CEO global da BRF, Lorival Luz.

A companhia possui plantas em seis municípios catarinenses: Capinzal, Chapecó, Videira, Herval d´Oeste, Campos Novos e Concórdia. Onde são produzidas mais de 125 mil toneladas de alimentos por mês, sendo 40 mil toneladas destinadas à exportação.

Preocupação com abastecimento de água – Durante a reunião, os executivos da empresa manifestaram ainda a preocupação com o abastecimento de água, matéria prima fundamental para as indústrias de alimentos.

Na oportunidade, o governador Carlos Moisés apresentou os investimentos do Governo do Estado para reduzir os impactos da estiagem e ampliar a oferta de água na região Oeste.

“Em parceria com a Assembleia Legislativa aprovamos R$ 300 milhões, que devem ser investidos em três anos para que tenhamos um programa permanente de preservação de água e conservação de nascentes. Os recursos serão utilizados para captação, armazenagem e uso de água e também para a preservação de nascentes e fontes. Temos que olhar para o futuro, se não olharmos para o meio ambiente e para a preservação das nascentes continuaremos sofrendo com os impactos da estiagem”, afirma Carlos Moisés.

O governador lembra ainda dos R$ 195,7 milhões liberados para a construção da macroadutora do Rio Chapecozinho, que irá melhorar o abastecimento de água em Chapecó e municípios vizinhos.

“Todo o Governo está envolvido e comprometido para resolver os problemas de abastecimento de água em Santa Catarina. Essa é uma prioridade dessa gestão e nós estamos unidos para minimizar os impactos da estiagem e aumentar a competitividade das indústrias instaladas no estado. Vamos dar mais celeridade e agilidade às atividades e viabilizar os investimentos”, explica o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva.

Representantes da BRF e do Governo do Estado se unirão em um grupo de trabalho, coordenado pelo secretário Altair Silva, em busca de soluções e de novos projetos para ampliar a oferta de água em Santa Catarina.

Também participaram do encontro a vice-presidente global de Relações Institucionais e Sustentabilidade da BRF, Grazielle Parenti; o vice-presidente de Operações e Suprimentos da Companhia, Vinícius Barbosa; o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon; secretário da Fazenda, Paulo Eli; chefe da Casa Civil, Eron Giordani; o presidente do IMA, Daniel Vinícius; e a superintendente de Planejamento e Gestão da Secretaria da Infraestrutura, Junia Rosa Soares.

Fonte: Imprensa / Secretaria da Agricultura SC

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

O novo horizonte da silagem de cana

VEJA os destaques da edição de junho e o Especial Suplementação; na capa, a silagem de cana retorna com mais qualidade aos confinamentos como alternativa vantajosa em tempo de milho e subprodutos caros

O novo horizonte da silagem de cana

VEJA os destaques da edição de junho e o Especial Suplementação; na capa, a silagem de cana retorna com mais qualidade aos confinamentos como alternativa vantajosa em tempo de milho e subprodutos caros

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.