Bunge registra prejuízo de US$ 51 milhões no 4º trimestre

Apesar do desempenho negativo, a companhia conseguiu diminuir em 21% as perdas na comparação com igual período do ano anterior
Foto: Divulgação.

A companhia norte-americana Bunge registrou prejuízo de US$ 51 milhões (perda de US$ 0,48 por ação) no quarto trimestre de 2019, informou a empresa nesta quarta-feira, 12. Apesar do desempenho negativo, a empresa conseguiu diminuir em 21% as perdas na comparação com o prejuízo de US$ 65 milhões (perda de US$ 0,52 por ação) de igual período do ano anterior.

Já o lucro líquido ajustado foi de US$ 1,27 por ação, ante US$ 0,08 por ação obtido em igual intervalo de 2018, alta de 1.487%. O lucro antes de juros e impostos (Ebit) foi de US$ 44 milhões no intervalo avaliado, ante US$ 70 milhões em igual período do ano anterior. A receita recuou 6,5%, de US$ 11,54 bilhões para US$ 10,78 bilhões.

Analistas consultados pela FactSet esperavam lucro líquido ajustado de US$ 0,28 por ação e receita de US$ 11,51 bilhões. Este é o quarto trimestre seguido de queda na receita da companhia de alimentos.

Continue a leitura após o anúncio

Assim como outras empresas do setor, o desempenho da Bunge reflete o cenário instável do mercado de commodities agrícolas do ano que passou, em virtude dos impasses comerciais entre Estados Unidos e China e da quebra na safra de grãos norte-americana referente ao ciclo 2019/20. O segmento de agronegócio foi responsável pelo montante de US$ 7,41 bilhões em vendas líquidas, no quarto trimestre, queda de 8,6%, ante o faturamento de US$ 8,11 bilhões reportado em igual período do ano anterior.

Em volume, as vendas do setor também recuaram de 35,4 milhões para 34,9 milhões de toneladas, variação negativa de 1,2%. O Ebit ajustado do setor saiu de US$ 33 milhões no quarto trimestre de 2018 para US$ 156 milhões em igual intervalo de 2019. Segundo a companhia, o desempenho da companhia na América do Sul contribuiu para minimizar as perdas do setor de agronegócios, impulsionando o resultado geral da divisão de grãos, com produtores brasileiros e argentinos acelerando a comercialização da safra.

A empresa afirmou que o processamento de soja sul-americana ajudou a compensar o menor volume de esmagamento nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia. A divisão de Açúcar e Energia reportou vendas de US$ 338 milhões, recuo de 30% ante os US$ 483 milhões reportados em igual intervalo do ano anterior.

Em volume, as vendas do setor caíram 28%, de 1,54 milhão de toneladas para 1,11 milhão de toneladas. O Ebit do segmento passou de prejuízo de US$ 48 milhões para também prejuízo de US$ 34 milhões. A melhora no desempenho do setor no trimestre é atribuída pela empresa a melhores rendimentos agrícolas, além de preços mais altos do etanol.

Para o ano fiscal de 2020, a companhia disse que espera que o lucro líquido por ação fique em linha com o obtido em 2019, excluindo itens como ganho em sua participação na Beyond Meat e o benefício de depreciação no segmento de açúcar e bioenergia.

No segmento de agronegócio, a Bunge considera que os resultados devem cair em relação ao ano passado, alegando que o acordo comercial entre Estados Unidos e China e o tamanho das safras serão determinantes para as rentabilidades de origem, processamento e distribuição.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Notícias relacionadas:

Leia também

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Cadastre-se e receba nossas notícias

Todos os dias no seu e-mail melhor conteúdo do agronegócio.