Bureau Veritas oferece certificação sustentável aos produtores associados a Abrapa

Grupo estima que a as práticas adotadas com a norma garante 7% mais produtividade nas lavouras de algodão que possuem a certificação

O Grupo Bureau Veritas está oferecendo a certificação de algodão sustentável aos produtores associados a Abrapa (Associação Brasileira dos Produtores de Algodão), que respondem por 99% de toda a área plantada no Brasil e por 100% da produção destinada à exportação. A nova certificação integra a estratégia da companhia de tornar-se líder em sustentabilidade e produção agrícola. Desde 2019, o Grupo adicionou ao seu portfólio outras 10 certificações para este segmento.

“Uma certificação de qualidade tem impacto sobre a comercialização, o custo e a confiabilidade dos produtos, além de indicar o melhor uso do algodão para a indústria têxtil”, afirma José Cunha, diretor de Certificação do Bureau Veritas no Brasil. Segundo ele, estes são detalhes essenciais que posicionam o Brasil entre os cinco maiores produtores do mundo da fibra: 30% do algodão exportado tem o DNA brasileiro. “É muito relevante contribuir com o desenvolvimento do setor”, conclui.

A certificação sustentável para a indústria algodoeira envolve o pilar socioeconômico, garantindo o cumprimento de condições dignas e seguras para o ambiente de trabalho, e o pilar ambiental, que atesta a conservação do meio ambiente. As lavouras que adotam as medidas práticas dessa certificação têm estimativa de produtividade 7% superior em relação às lavouras não certificadas. “A produtividade média alcançada nesta safra pelas unidades certificadas confirma essa estimativa”, explica Cunha. O Grupo certifica cerca de 1,5 mil toneladas de algodão, com análises de 6,2 milhões de amostras de fardos por safra.

Continue a leitura após o anúncio

Segundo a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a expectativa para a safra de 2018/2019 é de volume recorde de produção, com 6 milhões de toneladas, um milhão a mais do que o registrado no período anterior. Para o mesmo intervalo, a Conab espera alcançar cerca de 1,5 milhão de toneladas em exportações da pluma de algodão, um aumento de 60% em relação à quantidade embarcada na safra anterior.

No Brasil, o maior produtor de algodão sustentável é o Estado do Mato Grosso, seguido de Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais e Piauí.

Fonte: Assessoria de comunicação

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print
2742961

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Notícias relacionadas:

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

Cadastre-se e receba nossas notícias

Todos os dias no seu e-mail melhor conteúdo do agronegócio.