Cade aprova arrendamento de fábricas de fertilizantes da Petrobras para Proquigel

Anúncio do negócio foi feito pelas empresas em novembro do ano passado

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a operação de arrendamento, pela Proquigel Química, de duas fábricas de fertilizantes nitrogenados da Petrobras localizadas nos Estados da Bahia e de Sergipe. O despacho com a decisão é assinado pela Superintendência-Geral do órgão e está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 17 de julho. O anúncio do negócio foi feito pelas empresas em novembro do ano passado.

A Petrobras informou, na ocasião, que os contratos de arrendamentos da Fafen-BA e da Fafen-SE ficaram no valor total de R$ 177 milhões para um período de 10 anos, prorrogáveis pelo mesmo período.

A estatal explicou que os arrendamentos entrarão em vigor após a aprovação pelo Cade e a obtenção das licenças necessárias à operação pela Proquigel Química. A empresa lembrou que o processo para o arrendamento das Fafens seguiu os ritos da Lei Federal 13.303/2016 (Lei das Estatais).

Essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando à geração de valor para os nossos acionistas“, afirmou a estatal.

A operação aprovada pelo Cade também inclui o subarrendamento dos terminais marítimos de amônia e ureia no Porto de Aratu, na Bahia. As instalações somam uma área de 45.401,95 metros quadrados e são destinadas para armazenagem e movimentação de granéis sólidos, líquidos e liquefeitos, especialmente amônia e ureia.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.