Carne bovina: Brasil bate recorde mensal em receita com exportação em julho

Em volume, porém, embarques recuam 1% no mês passado, ante igual período de 2020, para 192.544 t, segundo dados da Associação Brasileira de Frigoríficos

Em julho último, pela primeira vez na história, os embarques mensais brasileiros de carne bovina (in natura e industrializada) superaram a marca de R$ 1 bilhão, informa nesta quinta-feira, 5 de agosto, a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo).

Em valores exatos, as vendas externas do mês passado geraram receita de US$ 1,011 bilhão, com forte avanço de 30,2% sobre o resultado obtido em julho de 2020, de US$ 776,5 milhões.

Em volume, porém, as exportações de proteína vermelha recuaram 1% em julho, para 192.544 toneladas, ante 194.120 toneladas obtidas em igual mês do ano passado.

No acumulado de janeiro a julho deste ano, os embarques de carne bovina somaram 1.072.551 toneladas, uma queda de 3% em relação ao volume computado no mesmo período de ano passado, de 1.103.133 toneladas, informa a Abrafrigo.

Na mesma base de comparação, entretanto, o faturamento subiu 9%, para US$ 5,096 bilhões, ante US$ 4,687 bilhões acumulado dos setes meses de 2020.

VEJA TAMBÉM | China: importações de carne bovina reduzem pelo 3º mês seguido

Maior cliente – A China continua sendo, disparado, o principal cliente da carne bovina brasileira. Porém, em julho, as importações chinesas recuaram 4%, para 110.637 toneladas, frente as 115.186 toneladas de julho de 2020 – nessa estática, a Abrafrigo contabilizou também as compras realizadas por Hong Kong.

No acumulado até julho, as importações chinesas já alcançam 630.552 toneladas, ligeiro recuo de 0,56% sobre a quantidade registrada em igual intervalo de 2020, de 634.138 toneladas.

A associação representante dos frigoríficos brasileiros também destaca o bom desempenho dos embarques direcionados aos Estados Unidos, que vêm aumentando paulatinamente as suas importações de carne bovina brasileira, consolidando-se com o segundo maior cliente do produto brasileiro.

SAIBA MAIS | Carne bovina: produção mundial crescerá 1% em 2021, tendo EUA e Brasil como protagonistas

No acumulado dos primeiros sete meses deste ano, os norte-americanos compraram 52.962 toneladas (4,9% do total exportado), um avanço de 93,2% sobre 27.420 toneladas registradas no mesmo período de 2020. Em base idêntica de comparação, a receita saltou de US$ 186,2 milhões em 2020 para US$ 393,8 milhões em 2021, um crescimento de 111,5%. Em julho os EUA compraram 10.580 toneladas.

O Chile aparece na terceira posição no ranking dos maiores importadores de carne vermelha do Brasil, com 48.832 toneladas importadas até julho, um crescimento de 22,9% sobre mesmo período do ano passado.

Na quarta e quinta colocações, aparecem o Egito, com 32.932 toneladas (queda de 56,3% sobre os primeiros sete meses de 2020), e as Filipinas, com 32.642 toneladas (elevação anual de 54,3%). No sexto e sétimo lugares estão os Emirados Árabes, com 25.530 toneladas (+14,7%), e a Arábia Saudita, com 22.074 toneladas (-20,3%).

Neste ano, 80 países ampliaram as suas aquisições de carne bovina brasileira, em relação ao mesmo período de 2020, e outros 76 reduziram os embarques, segundo a Abrafrigo.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO | Monta curta acelera produtividade

CONFIRA os destaques da edição de setembro da Revista DBO e o ‘Especial Genética e Reprodução’; na capa, veja como duas fazendas de ciclo completo se tornaram modelo de ‘fábrica ideal de produção de bois’

Revista DBO | Monta curta acelera produtividade

CONFIRA os destaques da edição de setembro da Revista DBO e o ‘Especial Genética e Reprodução’; na capa, veja como duas fazendas de ciclo completo se tornaram modelo de ‘fábrica ideal de produção de bois’

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.