China habilita importação de 13 frigoríficos dos Estados Unidos

Esta é a primeira vez no ano em que o governo chinês habilita uma quantidade alta de empresas norte-americanas

A Administração Geral de Alfândegas da China (Gacc, na sigla em inglês) informou que concedeu autorização para 13 frigoríficos de carne suína, bovina e de aves dos Estados Unidos exportarem seus produtos para o gigante asiático. A habilitação entrou em vigor na última sexta-feira, 13.

Esta é a primeira vez no ano em que o governo chinês habilita uma quantidade alta de empresas norte-americanas para exportação.

As medidas configuram um aceno positivo ao atual governo do democrata Joe Biden, após a relação mais conflituosa com o ex-presidente Donald Trump.

VEJA TAMBÉM | Carne bovina: exportações dos Estados Unidos crescem 33% em março/22

Desde meados de 2020, com o agravamento da pandemia, a China mudou o seu esquema de importação de carnes e iniciou uma série de suspensões temporárias de compras de vários países.

A necessidade de aumentar o controle sanitário em decorrência da covid-19 tem sido o motivo alegado extraoficialmente pelo governo chinês.

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.