Chuvas e retenção de boiada dão firmeza ao mercado do boi gordo

Segundo FCStone, firmeza nas cotações da arroba é influenciada pelo registro de muitas chuvas

Nesta terça-feira, o mercado do boi gordo segue estável, informa Caio Toledo, consultor em gerenciamento de riscos da INTL FCStone, de Campinas, SP.

Além da oferta restrita de animais terminados e da expectativa de aumento da demanda interna por carne bovina, a firmeza nas cotações da arroba é influenciada pelo registro de muitas chuvas neste mês de abril, segundo o analista.

Continue a leitura após o anúncio

“O grande volume pluviométrico está dificultando o escoamento de animais em algumas praças e permitindo a retenção de boiada a pasto pelos pecuaristas, o que prejudica a busca por parte das indústrias”, afirma Toledo.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO