Comércio do G-20 mantém desempenho positivo no 4º trimestre de 2020, informa OCDE

Segundo documento, as exportações das 20 maiores economias do mundo subiram 7,2% ante os três meses anteriores
Foto: AARB.

O comércio de bens dos países que integram o G-20 continuou a se recuperar no quarto trimestre de 2020, após as drásticas quedas vistas no primeiro semestre do ano passado, quando o fluxo comercial global foi afetado por medidas de lockdown relacionadas à pandemia de Covid-19, segundo relatório divulgado nesta quarta-feira (23/2) pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

No trimestre final de 2020, as exportações das 20 maiores economias do mundo subiram 7,2% ante os três meses anteriores, enquanto as importações avançaram 6,8%, mostra o documento.

Os resultados, porém, foram bem inferiores aos do terceiro trimestre, quando as exportações e importações do G-20 saltaram 20,6% e 16,8%, respectivamente, em relação ao segundo trimestre.

Com exceção da Argentina, afetada por greves que prejudicaram as exportações de trigo, os demais países do G-20 ampliaram seu comércio internacional entre outubro e dezembro. No caso do Brasil, houve alta de 2,8% nas exportações e aumento de 25,8% nas importações.

A China foi um grande catalisador do comércio do G-20. O gigante asiático, que já havia registrado desempenho positivo no segundo e terceiro trimestres, viu suas exportações crescerem 6,1% e importações avançarem 3,1% no quarto trimestre.

Nos Estados Unidos, os ganhos no quarto trimestre foram de 8,6% para exportações e de 6,1% para importações. Já na União Europeia, os avanços foram de 7,7% e 6,4%, respectivamente.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.