Custo de produção do leite subiu 6,6% em dezembro

Para 2019 a expectativa é de custos de produção menores, com o aumento da oferta de milho e soja

Os custos de produção da atividade leiteira ficaram praticamente estáveis em dezembro/2018, na comparação mensal. Segundo o Índice Scot Consultoria, houve ligeiro recuo de 0,1% em relação a novembro último.

O recuo nos preços dos combustíveis e dos fertilizantes contrapuseram as altas nas cotações dos alimentos concentrados (destaque para o milho) e produtos para sanidade.

Apesar do recuo, em relação a dezembro de 2017, ou seja, na comparação anual, os custos subiram 6,6% este ano.

Com relação a margem para o produtor de leite, o preço pago pela produção caiu em maior proporção frente aos recuos nos custos, estreitando a margem da atividade em dezembro último.

Para 2019 a expectativa é de custos de produção menores, com o aumento da oferta de milho e soja e com o câmbio pesando menos em relação a esse ano.

Este fato somado a expectativa de preços melhores para o leite deverá refletir em melhoria da margem para o produtor no ano que vem, principalmente no primeiro semestre.

Fonte: Scot Consultoria

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.