“De julho a dezembro, liberamos R$ 54,7 bilhões para o agro”, diz vice-presidente do Banco do Brasil

Do montante, R$ 30 bilhões foram destinados ao custeio e R$ 14,3 bilhões a investimentos
O vice-presidente de Agronegócios e Governo do Banco do Brasil, João Rabelo. Foto: Wenderson Araújo/CNA

O vice-presidente de Agronegócios e Governo do Banco do Brasil (BB), João Rabelo, disse nesta terça-feira (23/2) em evento online que o banco liberou para o setor agropecuário R$ 54,7 bilhões entre julho e dezembro do ano passado, primeiro semestre da safra 2020/2021. Deste montante, R$ 30 bilhões foram destinados ao custeio e R$ 14,3 bilhões a investimentos.

“Já chegamos a R$ 2,7 bilhões em CPRs financeiras pelo banco”, acrescentou o executivo no lançamento do custeio antecipado da safra 2021/22, realizado oficialmente nesta manhã. Rabelo lembrou que o BB concedeu R$ 8 bilhões em custeio antecipado para a safra 2020/21, ofertados há um ano, e que, para a próxima safra, 2021/22, serão R$ 16 bilhões.

O executivo explicou que não estão inclusos nos R$ 16 bilhões outros R$ 4 bilhões do Pronaf (programa que atende agricultores familiares), disponíveis até junho deste ano. Para este público, o BB também está executando um projeto piloto de oferta de seguro rural, que já alcançou 260 mil hectares protegidos, de acordo com Rabelo.

O vice-presidente de Agronegócios e Governo do BB informou ainda que o banco está oferecendo mais R$ 1 bilhão para investimentos, recursos próprios com taxas de juros de 7,5% ao ano, sem equalização do Tesouro Nacional. Além disso, o Banco do Brasil está reforçando sua equipe de atendimento ao agronegócio. “Estamos colocando mais gente à disposição do agro no BB, mais de 2 mil colaboradores”, afirmou.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

As apostas são altas para o futuro da produção de carne no Brasil. Veja o que dizem as lideranças ouvidas para o Especial Perspectivas 2021 do Anuário DBO. Assista:

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.