De olho na demanda, frigoríficos preparam programações de abate

Vendas ao longo do final de semana devem indicar como a indústria irá atuar no mercado do boi gordo a partir da segunda metade do mês

Os resultados de vendas de carne bovina ao longo do final de semana prolongado devem demonstrar como a indústria frigorífica brasileira irá atuar no mercado do boi gordo a partir da segunda quinzena deste mês.

“Somente nesta terça-feira que os frigoríficos terão os seus resultados consolidados para, assim, realizarem as programações de compras de gado”, relata o boletim desta tarde da Informa Economis FNP, de São Paulo.

Continue a leitura após o anúncio

Segundo a consultoria, no geral, os preços do boi gordo ainda se mantêm estáveis nas principais praças pecuárias do país, com algumas alterações pontuais nas cotações da arroba da vaca.

“Na maior parte das regiões, os pecuaristas continuam segurando as suas ofertas de boiadas”, diz o relatório da
FNP, acrescentando que as condições das pastagens, com algumas exceções, ainda são boas nas regiões pecuárias.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO