Embarques brasileiros de carne avançam 2% no 1º quadrimestre

Carne de frango representou 60,9% do volume enviado ao exterior no período. Carne bovina foi 28,5% do total

As exportações brasileiras de carnes (suína, bovina e de frango) avançaram 2,1% no acumulado de janeiro a abril de 2019, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo balanço divulgado pela consultoria Agrifatto.

Dentre os embarques dessas proteínas, somente a carne de frango representou 60,9% do volume enviado ao exterior no primeiro quadrimestre. Já a carne bovina foi responsável por 28,5% do total exportado. No caso da carne suína, a representatividade nas exportações foi de 10,6%.

Um dos fatores que explicam o aquecimento do mercado mundial de carnes é a grande mudança conjuntural da demanda global de proteínas desencadeada pelo surto de peste suína africana (PSA) na China.

“Devido à agressividade da PSA, as perspectivas são de embarques crescentes nos próximos meses e anos”, avalia a Agrifatto.

A consultoria estima um crescimento de 10% em 2019 das exportações brasileiras das três principais proteínas, para algo em torno de 7 milhões de toneladas exportadas. “A participação da China nessa demanda deve atingir 25%”, projeta.

Impacto no mercado

De acordo com informações levantadas pela Agrifatto, estima-se que a PSA reduzirá em aproximadamente 16 milhões de toneladas a produção de carne suína chinesa. “Será a maior queda de produção na cadeia de carnes já vista na história”, alerta a consultoria.

Os efeitos sobre a demanda e, consequentemente, sobre os preços das proteínas animais já impactam o mercado e devem se intensificar nos próximos meses, relata a Agrifatto.

Os casos da doença continuam se alastrando pela China e por outros países do sudeste asiático, como o Vietnã, Camboja, Coreia do Norte e Mongólia, tornando ainda mais intensos os impactos da PSA no cenário global.

Em 2018, de acordo com a Agrifatto, a China foi responsável por mais de 50% do consumo global de carne suína. “Por este motivo, os impactos da PSA no maior produtor (e consumidor) mundial tendem a impactar significativamente a dinâmica do mercado internacional de proteína animal”, enfatiza.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: