Estância Bela Vista comercializa participação de 50% em reprodutor Braford por R$ 90.000

Faraó da Bela Vista, já contratado pela ABS Global, registrou a maior valorização da raça na categoria, aponta o Banco de Dados da DBO
O touro Faraó é top 0,1% para perímetro escrotal (Foto: Reprodução / Facebook)

A criadora Celina Maciel, titular da Estância Bela Vista (Santana do Livramento, RS), promoveu na noite de 13 de outubro, no recinto de leilões do Sindicato Rural, o “56° Remate da Bela Vista”. A transmissão do pregão virtual e presencial foi do Lance Rural.

LEIA TAMBÉM
Reprodutores da raça Braford saem ao valor médio de R$ 13.500 em MG

Terneira da raça Braford é valorizada em R$ 112.000 em remate no RS

Um dos mais aguardados e tradicionais eventos da Temporada de Primavera para as raças Polled Hereford (mochos) e Braford registrou liquidez total e crescimento de 50% em relação ao faturamento do ano passado. Exemplares da Estância Luz de São João, de Celso Jaloto, também foram ofertados durante o remate chancelado pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB).

Em valores médios, os touros Braford aos dois anos de idade saíram por R$ 31.370 e os de três anos atingiram R$ 32.300. Já as fêmeas Braford tiveram média de R$ 19.800 e os machos Hereford sem chifres, por R$ 13.000.

“Foi uma facilidade bárbara para conduzir. Realmente foi muito bom. Ficamos agradavelmente surpresos, pois o resultado foi 20% maior da nossa melhor projeção”, destacou o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que coordenou as vendas no leilão para pagamentos em 20 parcelas.

O lote mais valorizado foi o touro Faraó da Bela Vista (890 kg e CE 44), já contratado pela ABS Global e que teve cota de 50% vendida por R$ 90.000, valorizando o exemplar Dupla Marca e filho de Apogeu em R$ 180.000 – recorde de preço para a raça Braford na categoria, aponta o Banco de Dados da DBO.

Outro destaque foi X-Boy da Bela Vista, que recebeu R$ 62.000 por metade de sua propriedade; o reprodutor é contratado da CRV Lagoa. Todos os exemplares saíram avaliados pelo Programa PampaPlus, da ABHB.

“Foi uma imensa satisfação para a equipe da Bela Vista este resultado, pois ratifica o nosso trabalho. São décadas trabalhando com estas raças e, ano a ano, temos o retorno de clientes assíduos. Podemos dizer que também temos uma renovação de clientes de outras regiões e estados pela nossa genética”, observou Celina Maciel, proprietária do criatório gaúcho que atingiu o seu 41° touro em centrais.

* Com informações da assessoria de imprensa

Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.