EUA fazem acordo para exportar carne bovina para Tunísia

País do Oriente Médio faz parte dos bloco árabe que tem forte relação comercial com a indústria de carne brasileira

Os Estados Unidos anunciaram um acordo comercial para começar a exportar carne bovina (além de aves e ovos) para a Tunísia, informou nesta quinta-feira o portal GlobalMeat. Tal conquista coloca a indústria exportadora norte-americana na disputa por um mercado de proteína animal em ascensão e já largamente abastecido pelos frigoríficos do Brasil, um grande e tradicional fornecedor da carne vermelha ao mundo árabe.

Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), as exportações de produtos agrícolas dos Estados Unidos para a Tunísia totalizaram US$ 264 milhões em 2018. A maioria da receita foi obtida com os embarques de milho e soja. Estimativas iniciais revelam que a Tunísia importaria, inicialmente, algo equivalente a US$ 5 milhões a US$10 milhões por ano em produtos de carne bovina, aves e ovos dos Estados Unidos, com a potencial para crescer este montante.

Continue a leitura após o anúncio

“O presidente Donald Trump continua a priorizar a abertura de novos mercados para os nossos produtos agrícolas, e nos saúda com esse novo acordo com a Tunísia”, disse o representante de comércio dos EUA, Robert Lighthizer. “Estou convencido de que, quando os tunisianos experimentarem a nossa carne bovina, a galinha e os ovos, vão querer mais”, acrescentou o secretário dos EUA de Agricultura, Sonny Perdue.

No ano passado, o Brasil exportou para os países árabes o maior volume de carne bovina dos últimos 11 anos. No total foram embarcadas 341,66 mil toneladas, que chegaram a 15 dos 22 países que compõem o bloco. O volume compõe 21% do recorde mundial de exportações alcançado pelo Brasil em 2018, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec). A receita gerada pelo comércio com os países árabes no último ano também foi destaque: US$ 1,13 bilhão, a maior dos últimos 6 anos.

Em 2018, dos 22 países árabes, o Brasil esteve presente, além da Tunísia, na Argélia, Bahrein, Ilhas Comores, Egito, Iraque, Jordânia, Líbano, Líbia, Marrocos, Omã, Palestina, Catar, Arábia Saudita e Emirados Árabes.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO