Menu
Menu

EUA fazem acordo para exportar carne bovina para Tunísia

País do Oriente Médio faz parte dos bloco árabe que tem forte relação comercial com a indústria de carne brasileira

Os Estados Unidos anunciaram um acordo comercial para começar a exportar carne bovina (além de aves e ovos) para a Tunísia, informou nesta quinta-feira o portal GlobalMeat. Tal conquista coloca a indústria exportadora norte-americana na disputa por um mercado de proteína animal em ascensão e já largamente abastecido pelos frigoríficos do Brasil, um grande e tradicional fornecedor da carne vermelha ao mundo árabe.

Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), as exportações de produtos agrícolas dos Estados Unidos para a Tunísia totalizaram US$ 264 milhões em 2018. A maioria da receita foi obtida com os embarques de milho e soja. Estimativas iniciais revelam que a Tunísia importaria, inicialmente, algo equivalente a US$ 5 milhões a US$10 milhões por ano em produtos de carne bovina, aves e ovos dos Estados Unidos, com a potencial para crescer este montante.

“O presidente Donald Trump continua a priorizar a abertura de novos mercados para os nossos produtos agrícolas, e nos saúda com esse novo acordo com a Tunísia”, disse o representante de comércio dos EUA, Robert Lighthizer. “Estou convencido de que, quando os tunisianos experimentarem a nossa carne bovina, a galinha e os ovos, vão querer mais”, acrescentou o secretário dos EUA de Agricultura, Sonny Perdue.

No ano passado, o Brasil exportou para os países árabes o maior volume de carne bovina dos últimos 11 anos. No total foram embarcadas 341,66 mil toneladas, que chegaram a 15 dos 22 países que compõem o bloco. O volume compõe 21% do recorde mundial de exportações alcançado pelo Brasil em 2018, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec). A receita gerada pelo comércio com os países árabes no último ano também foi destaque: US$ 1,13 bilhão, a maior dos últimos 6 anos.

Em 2018, dos 22 países árabes, o Brasil esteve presente, além da Tunísia, na Argélia, Bahrein, Ilhas Comores, Egito, Iraque, Jordânia, Líbano, Líbia, Marrocos, Omã, Palestina, Catar, Arábia Saudita e Emirados Árabes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on skype
Skype
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Share on tumblr
Tumblr
Share on print
Print

Veja também:

Sudeste Asiático: que mercado é esse?

Coluna do Scot: Exportações brasileiras de carnes para essa região crescem rapidamente. De cinco anos para cá, as exportações de frango, carne bovina e de carne suína cresceram 32%.

Você precisa adquirir uma de nossas assinaturas.

SOBRE A MÍDIA DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

ANUNCIE DBO

Acompanhe aqui o vídeo da edição mais recente da Revista DBO. Para ver os destaques das outras edições, basta clicar aqui.

ASSINE A REVISTA DBO

Revista DBO Ligue grátis: 0800 110618 (Segunda a sexta, das 08h00 às 18h00)

2018 DBO - Todos os direitos reservados

×

Carrinho