Expobrangus terá mais de 200 animais em Uruguaiana

Exposição acontecerá nos dias 13 e 14 de maio, com transmissão por plataforma exclusiva da ABB

“Convívio social, tira teima, olho na raça e oportunidade comercial”, com essas palavras o executivo da Associação Brasileira Brangus (ABB), Roberto Grecellé, resume o que os produtores encontrarão na edição 2022 da Expobrangus, que acontecerá de 13 a 14 de maio, em Uruguaiana, Rio Grande do Sul.

Na edição passada e exposição contou com a participação de 50 animais de argola e 120 animais rústicos nos julgamentos. Na edição deste ano, participarão mais de 200 animais.

O evento conta ainda com mais uma novidade: todas as informações, bem como a transmissão da exposição serão realizadas por uma plataforma exclusiva (brangus.org.br/expobrangus).

“A raça Brangus está crescendo e alcançando diversos lugares do Brasil e o papel da Expobrangus, além de mostrar os animais, é ser uma verdadeira aula de zootecnia. É a oportunidade de todos que quiserem conhecer um pouco mais, sobre como escolher um reprodutor, as características que tem a raça, o que nós, criadores, estamos selecionando, tudo isso estará palpável, visível nos smartphones para o Brasil e exterior também”, ressalta Antônio Carlos Corrêa Osório, o Cacaio, Presidente do Conselho Técnico da ABB.

A expansão da genética Brangus pode ser observada através dos números. Segundo dados da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA) de 2018 para 2021 houve um crescimento de 98% nas vendas de sêmen da raça, sendo que 137% desse crescimento, foi somente de sêmen de touros nacionais.

A exposição será aberta ao público e será uma grande oportunidade para discussões técnicas e relacionamento comercial, entre sócios e usuários da raça.

A exposição ainda oferece remates de criatórios importantes para o cenário da raça no Brasil, como a oferta de 100 fêmeas registradas.

“É uma oportunidade para o pecuarista adquirir a genética brangus e dessa forma estarmos mais próximos aos criadores e entusiastas da raça, e entender os diferentes sistemas de criação com um só objetivo: a expansão do Brangus pelo Brasil”, aponta o presidente da associação, Ladislau Lancsarics Junior.

Durante os dois dias de evento, os animais de argola serão julgados nas categorias fêmeas e machos, sendo aceito somente animais 38. Não serão aceitos animais de Primeira Geração de 38, de pelagem osca.

Já na modalidade Rústicos, os animais concorrerão em trios e de forma individual, machos e fêmeas, sendo que animais de Primeira Geração, serão julgados separados, e não poderão concorrer ao título de supremo grande campeão.

A exposição contará com o jurado Gaston Garcia, técnico pela Associação Argentina de Brangus e gerente da cabanha Corral de Guardia, a transmissão realizada por Pedro Bastos, com comentários de Fernando Velloso, da Assessoria Agropecuária, e Ricardo Weiller, Condomínio Rural Weiler, criador há mais de 30 anos da raça Brangus.

Fonte: Ascom ABB

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.