Exportações de frango avançam 34,9% em abril, aponta ABPA

Em receita, as vendas do mês alcançaram US$ 563,9 milhões, crescimento de 17,3% ante abril de 2018

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) divulgou hoje levantamento com base nos dados da Secretaria de Comércio Exterior sobre as exportações brasileiras de frango em abril. Segundo a instituição, a China respondeu por 11,7% das 338,9 mil toneladas vendidas pelo Brasil nesse período. Outras 11,3% foram enviados à Arábia Saudita e 10,4% ao Japão. O volume é 34,9% superior ao obtido no mesmo período do ano passado, quando foram embarcadas 251,2 mil toneladas.

+Com demanda chinesa, valor do frango atinge maior patamar desde 2015
+Efeitos da peste suína na China começam a ser sentidos no Brasil
+Exportação total de carne suína em abril cresce 44,3%, diz ABPA

Em receita, as vendas do mês alcançaram US$ 563,9 milhões, crescimento de 17,3% ante abril de 2018. No acumulado do ano, as exportações de carne de frango totalizaram 1,278 milhão de toneladas, volume 0,8% superior ao registrado nos quatro primeiros meses do ano passado. Em receita, as exportações acumuladas em 2019 somam US$ 2,107 bilhões, avanço de 1,15 ante 2018.

Efeito china

A elevada demanda de exportação por carne de frango foi apontada pelo Cepea em seu último relatório mensal como fator responsável pela alta de preços no mercado interno brasileiro. “Neste caso, verifica-se aumento da demanda chinesa pela proteína avícola, em decorrência dos casos de Peste Suína Africana (PSA), que reduz a oferta local de carne suína e eleva a necessidade de aquisição de proteínas alternativas para o abastecimento do seu mercado interno”, afirma a instituição em nota.

Em abril, o preço médio do frango vivo negociado na Grande São Paulo ficou em R$ 3,45 o quilo, alta de 10,2% frente ao mês anterior e valorização de 48%, em termos reais, na comparação com igual período do ano passado. Trata-se ainda, do maior patamar desde dezembro de 2015. No varejo, o Cepea aponta a valorização de todos os cortes acompanhados pela instituição, “exceto aqueles que são menos demandados para exportação”.

Entre as altas mais significativas, o Cepea destaca a coxa/antecoxa (alta de 9,5% e preço médio de R$ 4,95 o quilo) e o filé de frango (alta de 6,9% e preço médio de R$ 8,61 o quilo). Já o frango inteiro congelado foi comercializado
na média de R$ 4,68 o quilo no atacado da Grande São Paulo em abril alta mensal de 5,1% e de 52,7% sobre abril de 2018.

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: