Imea alerta para aumento dos custos no MT este ano

Na comparação com 2017, a média do custo operacional (CO) de 2018 apresentou acréscimo de 6,44% no MT

Analistas do Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária) alertam para o aumento dos custos na atividade de recria engorda ao longo de 2019, sobretudo no que refere à aquisição de bezerros e outras categorias da reposição.

“Este ano já se vê uma tendência de alta no preço do bezerro, muito alinhado com o aumento do abate de fêmeas”, informa o instituto, acrescentando que o “momento é de aquisições de animais, uma das variáveis mais importantes para o sistema de recria e engorda”.

Continue a leitura após o anúncio

Uma análise sobre o mercado em 2018 mostra que o custo da reposição já impactou mais fortemente a atividade de recria e engorda em relação ao ano anterior. Na comparação com 2017, a média do custo operacional (CO) de 2018 apresentou acréscimo de 6,44% no Mato Grosso, com destaque para a compra de animais de reposição, item que respondeu por 55,50% do CO total, valor 1,8 ponto percentual acima da participação verificada em 2017.

“Tal cenário foi ocasionado pelo aumento do preço do bezerro em 2018, que fechou na média em R$ 1.075,07 no Estado, valor 9,2% acima do preço médio de 2017”, relata o Imea.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.

Conteúdo original Revista DBO