Inovação nos maquinários gera oportunidades para o agronegócio

Fronteira agrícola de TI é uma grande oportunidade para o produtor brasileiro, que tem como desafio gerenciar seu negócio
Precisão no trabalho reduz perdas e aumenta ganhos – Foto: Carolina Greiwe / Ascom Seplag

*POR CAMILA DILÉLIO

“Menos ferro, mais tecnologia”. A frase é do representante de uma das maiores produtoras de maquinários agrícolas do mundo, John Deere. Presente na 42ª Expointer, a companhia que investe U$ 4 milhões por dia em pesquisa e desenvolvimento (P&D) está deixando de ser uma empresa de maquinário agrícola para se tornar uma empresa de tecnologia, segundo o gerente de marketing tático, Maurício de Menezes.

De acordo com Menezes, inovação e tecnologia estão cada vez mais presentes nos produtos da empresa, pois a fronteira agrícola de TI é uma grande oportunidade para o produtor brasileiro, que tem como desafio gerenciar seu negócio, uma indústria a céu aberto, com mais precisão. “Para atender cada vez melhor os produtores, investimos em tecnologias e inovações que consequentemente garantem melhores resultados”, explica.

Um dos exemplos é a Plantadeira DB ExactEmerge. Segundo Menezes, a máquina é a mais rápida da categoria, com o dobro de precisão, sendo a única do mundo que consegue plantar a uma velocidade de 16 km/h. “Ela conta com o RowCommand, ferramenta que reduz os custos do agricultor, evitando o sobreplantio de sementes, por meio do desligamento individual e automático linha a linha”, observa ele.

Outro exemplo de máquina que agrega tecnologia de ponta em seus sistemas é a Colheitadeira S700. Segundo Menezes, o veículo têm câmeras com algoritmos capazes de identificar se há grãos quebrados na colheita. Além disso, a máquina tira três fotos por minuto e realiza um ajuste em seu sistema a cada três minutos.

Conectividade rural

Lançado em maio deste ano, o programa de conectividade rural da John Deere transforma os tratores em hubs de internet no campo. A ideia surgiu para atender os produtores em zonas onde não há sinal de internet e consiste na instalação de torres de transmissão de acordo com o perfil do produtor, que permitirão com que ele esteja conectado à internet, mesmo em locais onde as operadoras móveis não alcançam.

Segundo Menezes, o Conectividade Rural representa a real conexão entre a lavoura, as máquinas e as pessoas. A partir dele, o agricultor pode transferir o escritório para o campo e integrar todas as plataformas e softwares da John Deere, além de programas externos, para gerenciar sua propriedade e seus colaboradores a qualquer momento e em qualquer lugar.

Nova geração no campo

Outra gigante do setor que está chamando a atenção dos visitantes da Expointer é a AGCO, que apresenta as máquinas da Massey Ferguson na 42ª edição da feira gaúcha. Segundo o coordenador de marketing da companhia, Eder Pinheiro, o agricultor está cada vez mais interessado em investir em tecnologia. “Estamos deparando com uma nova geração no campo. Jovens que querem trabalhar com agronegócio, seguir os passos dos pais, mas utilizando a tecnologia em favor do negócio. Por isso, só nos últimos três anos, a empresa lançou mais de 100 produtos do portfólio, um processo de renovação nunca visto na mecanização da América do Sul”, observa.

De acordo com Pinheiro, uma das atrações da companhia neste ano é o Trator 8700 S, modelos de 295 cv e 370 cv. Segundo Pinheiro, são os maiores produzidos pela Massey Ferguson, indicados para plantações de grãos, arroz e cana. Seu sistema de computação de bordo evita falhas humanas, como mudanças abruptas de velocidade, desperdício de combustível, danos na lavoura e emissão de poluentes. Sua tela de comando é touch screen e intuitiva.

Tratando-se de inovação, a empresa disponibiliza aos clientes, além de máquinas ultramodernas, o sistema Farm Solutions –pacote de serviços agronômicos que auxilia os produtores rurais na transição para a agricultura digital, o que requer a coleta de informações em tempo real sobre todos os processos no campo.

Conforme o coordenador de marketing Vinícius Cunha, com os dados os produtores podem gerenciar melhor o uso das máquinas e também seus negócios. “A bibliografia diz que o gerenciamento de dados reduz os custos da lavoura em até 16% e aumenta a produtividade em 15%”, diz.

Pulverização inteligente

A Eirene Solutions aposta em um sistema inteligente de pulverização, que detecta a planta que precisa receber defensivos – Foto: Carol Greiwe / Ascom Seplag

Com tecnologia totalmente nacional, a Eirene Solutions demonstra aos produtores e visitantes da Expointer um sistema de pulverização focada, que torna o processo seletivo e inteligente. De acordo com o CEO da startup, Eduardo Marckmann, o bico de pulverização desenvolvido pela empresa diferencia o que realmente precisa receber defensivos agrícolas, reduzindo em 30% o uso de produtos.

Em uma plantação de 1000 hectares de soja, segundo ele, o investimento em defensivos gira em torno de R$ 1 milhão, o que representa uma economia de R$ 300 mil por colheita se for utilizado o sistema da Eirene.

“Para uma máquina grande, com uma barra de 30 metros de comprimento para pulverização, nosso sistema sai por R$ 300 mil, valor que pode ser recuperado em uma safra de 1 mil hectares de soja”, pondera.

O empreendedor conta que fechou negócio com cinco médios e grandes produtores do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e que a expectativa da startup na feira é cadastrar novos negócios para crescer 20% no próximo ano. A empresa de Marckmann está sediada no Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) e é pioneira na tecnologia, tendo como concorrentes apenas uma organização dos EUA e outra na Nova Zelândia.

*Crédito: matéria disponível oficialmente no site do evento.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura: