Kepler Weber completa 96 anos e anuncia investimentos

A Kepler Weber tem duas unidades industriais no Brasil, uma em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e outra em Panambi, Rio Grande do Sul

Na semana em que completa 96 anos, comemorado em 12 de maio, a Kepler Weber, líder na América Latina em soluções pós-colheita para armazenagem de grãos e movimentação de granéis em portos, anuncia um pacote de R$ 22 milhões em investimentos, além dos R$ 12 milhões já divulgados nos resultados do primeiro trimestre de 2021.

A maior parte do montante (R$ 22 milhões) aprovado pelo Conselho de Administração será destinada especificamente para a modernização das fábricas e aprimorar o posicionamento da empresa em Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG).

Foto: Divulgação

“Estamos em um momento muito especial da história da empresa, com cenário positivo para os negócios”, comenta Piero Abbondi, CEO da Kepler Weber. “Fizemos um bom dever de casa até aqui e esta é a hora de olhar para o futuro, colocando em prática os projetos que vão garantir eficiência no longo prazo”.

A Kepler Weber tem duas unidades industriais no Brasil, uma em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e outra em Panambi, Rio Grande do Sul. O valor anunciado agora será aplicado na aquisição de equipamentos para ampliar a capacidade produtiva da empresa, que iniciou o ano com mais de duzentas obras simultâneas espalhadas pelo Brasil, o melhor resultado dos últimos anos.

Com os R$ 12 milhões anunciados no primeiro trimestre, segundo o balanço da companhia, a empresa atinge R$ 34 milhões em investimentos. O maior volume, de janeiro a março, foi destinado para a planta de Campo Grande, com a implantação de três novos equipamentos.

“Estas novas máquinas representam um aumento de 30% na capacidade de produção, o que nos permitiu, inclusive, internalizar a fabricação de algumas peças que eram terceirizadas”, explica Fabiano Schneider, gerente industrial e de inovação da Kepler Weber.

O novo aporte vai impactar, diretamente, os resultados da unidade de Panambi. Além de ampliar a capacidade produtiva, os novos equipamentos reforçam a preocupação da empresa com a sustentabilidade, porque agregam melhor eficiência energética à produção, reduzem a emissão de poluentes, além de ampliar a segurança dos colaboradores.

“Este olhar 360º, buscando eficiência sem descuidar de quem está na ponta ou do ambiente em que estamos inseridos, é o que nos permite colocar a companhia na vanguarda do segmento de armazenagem de grãos e de movimentação de granéis, entregando produtos que têm a qualidade como diferencial competitivo”, finaliza Abbondi.

Fonte: Ascom Kepler Weber

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

O novo horizonte da silagem de cana

VEJA os destaques da edição de junho e o Especial Suplementação; na capa, a silagem de cana retorna com mais qualidade aos confinamentos como alternativa vantajosa em tempo de milho e subprodutos caros

O novo horizonte da silagem de cana

VEJA os destaques da edição de junho e o Especial Suplementação; na capa, a silagem de cana retorna com mais qualidade aos confinamentos como alternativa vantajosa em tempo de milho e subprodutos caros

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.