Marfrig informa que reduziu em 30% o consumo de água em suas operações

O resultado rendeu à companhia um lugar na “A-List” do Carbon Disclosure Project, reconhecimento às empresas líderes em transparência e ação ambiental

A Marfrig, líder global em produção de hambúrgueres e uma das maiores empresas de carne bovina do mundo, reduziu em 30% o consumo de água em suas operações em 2020.

O resultado rendeu à companhia um lugar na “A-List” do CDP – Carbon Disclosure Project, reconhecimento às empresas líderes em transparência e ação ambiental. As boas práticas adotadas fizeram com que a Marfrig se destacasse em segurança hídrica.

Mas a empresa tem planos para avançar ainda mais na gestão da água. Até 2035, a meta é reduzir em mais 20% o consumo do recurso por tonelada produzida. Para isso, a Marfrig envolve toda a cadeia por meio de administração de indicadores e de campanhas de conscientização. Há uma diretriz única de gestão do uso da água para todas as unidades da empresa, que considera a análise dos riscos hídricos e a melhoria contínua da eficiência, além do monitoramento e engajamento de fornecedores.

Segundo Paulo Pianez, diretor de Sustentabilidade e Comunicação da Marfrig, o uso racional da água é a prioridade da companhia na área da gestão de recursos hídricos.

“Todas as nossas unidades realizam medições do volume de água captada, observando as exigências das agências ambientais de cada país em que atuamos. Essas medições nos ajudam a avaliar e gerenciar os mananciais disponíveis”, afirma.

A empresa promove o envolvimento e conscientização dos fornecedores diretos e indiretos para a preservação de florestas e APPs (Áreas de Preservação Permanente) com atenção redobrada às áreas de mananciais. Trabalho que ganhou reforço este ano, com a implantação do processo de monitoramento do volume de animais abatidos provenientes da escassez hídrica.

“Com os dados da Agência Nacional de Águas e a localização das propriedades que nos fornecem animais, traçamos as melhores estratégias de como abordar os produtores para envolvê-los no processo de recuperação e preservação das áreas”, diz Pianez.

Os resultados de sustentabilidade da Marfrig em 2020 são efeitos de uma operação que evolui a cada dia. Nesse contexto, a companhia aposta em ampliar esses impactos positivos nas operações para manter e recuperar a biodiversidade das regiões em que atua, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico.

Fonte: Ascom Marfrig

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

O novo horizonte da silagem de cana

VEJA os destaques da edição de junho e o Especial Suplementação; na capa, a silagem de cana retorna com mais qualidade aos confinamentos como alternativa vantajosa em tempo de milho e subprodutos caros

O novo horizonte da silagem de cana

VEJA os destaques da edição de junho e o Especial Suplementação; na capa, a silagem de cana retorna com mais qualidade aos confinamentos como alternativa vantajosa em tempo de milho e subprodutos caros

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.