Pecuaristas reforçam a retenção de fêmeas em 2021, aponta Cepea

No 1ºT/21, foram abatidas 2,4 milhões de fêmeas (vacas e novilhas) - o menor volume para um primeiro trimestre desde 2003

Os preços recordes dos animais de reposição levaram muitos pecuaristas brasileiros a reforçar o movimento de retenção de fêmeas nas fazendas ao longo do ano passado e, especialmente, nos primeiros meses de 2021, informa nesta quarta-feira o Centro de Estudos Avançados em Pesquisa Aplicada (Cepea).

De janeiro a março deste ano, foram abatidas 2,411 milhões de fêmeas (vacas e novilhas), o menor volume para um primeiro trimestre desde 2003, quando os abates somaram 1,93 milhão de cabeças, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

SAIBA MAIS:
+“Produzimos mais carne no 1º tri de 2021 do que todos os primeiros trimestres desde 1997”, diz pesquisador do Cepea

Segundo os pesquisadores do Cepea, o volume de 2,411 milhões de fêmeas abatidas no trimestre corresponde a 36,75% do total de animais enviados aos ganchos no período. Essa porcentagem também é a menor desde 2003, quando esteve em 36,27%, acrescenta o Cepea.

O indicador Cepea/Esalq do bezerro (de 8 a 12 meses, em Mato Grosso do Sul) segue sendo negociado acima dos R$ 3.000, à vista.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

O novo horizonte da silagem de cana

VEJA os destaques da edição de junho e o Especial Suplementação; na capa, a silagem de cana retorna com mais qualidade aos confinamentos como alternativa vantajosa em tempo de milho e subprodutos caros

O novo horizonte da silagem de cana

VEJA os destaques da edição de junho e o Especial Suplementação; na capa, a silagem de cana retorna com mais qualidade aos confinamentos como alternativa vantajosa em tempo de milho e subprodutos caros

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.