PlantPlus Foods anuncia Ana Ferrell como a nova CMO

Profissional chega para liderar a área de Marketing Global & Inovação da foodtech

A PlantPlus Foods, foodtech de alimentos plant-based criada por Marfrig e ADM, anuncia Ana Ferrell para o cargo de CMO Global da empresa.

Com mais de 25 anos de carreira, a brasileira que atua nos Estados Unidos desde 2015, tem sido uma formadora de opinião, estrategista de negócios e inovação, especialista de marketing e consultora na área de soluções de comunicação do setor de alimentação.

Agora, como parte da estratégia da foodtech, o objetivo de Ana é acelerar os esforços da marca no varejo e o food service, fomentando ainda mais o crescimento da categoria de produtos à base de proteína vegetal como mais uma opção para os consumidores nas Américas.

Ana Ferrell, nova CMO da PlantPlus Foods (Foto: Divulgação)

“As atitudes, prioridades e comportamentos dos consumidores estão mudando profundamente, ainda mais, após a pandemia, o que oferece inúmeras frentes de inovação e crescimento no setor”, afirma Ana Ferrell. “Esta evolução oferece uma oportunidade única para empresas com mote inovador que buscam pavimentar o futuro da alimentação, trazendo uma serie de novos e deliciosos produtos que aliam tecnologia e valor nutricional”, completa.

Ao longo de sua trajetória, Ana acumulou sólido conhecimento no setor de alimentação. A executiva ocupou cargos de liderança em marketing, vendas, marketing de produto e gerenciamento de produto para organizações de referência global, como Kraft Heinz, Mondelēz International, Tyson Foods, McCain Foods e a própria ADM.

No varejo, ocupou cargos de liderança em gigantes como Nike Inc. e o Grupo O Boticário, além da financeira Mastercard para toda a América Latina.

Expansão acelerada – A PlantPlus Foods anunciou, no início de 2022, a conclusão da compra de duas empresas do setor de proteínas plant-based na América do Norte — a canadense Sol Cuisine e a americana Hilary’s.

Além de adicionar novas categorias ao seu portfólio, como aperitivos à base de vegetais e produtos para quem tem restrições alimentares, a companhia passa a ter um ecossistema único, possibilitando a verticalização e a integração com novos parceiros estratégicos na região.

Novos itens serão desenvolvidos, de maneira a ampliar o acesso dos consumidores aos produtos de origem vegetal, preenchendo lacunas de um segmento que apresenta rápido crescimento e tem grande potencial nas Américas.

Fonte: Ascom Marfrig

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email

Revista DBO | Na vanguarda ambiental

VEJA mais destaques da edição de julho; na capa, Liga do Araguaia entra no “mercado verde”. Alguns produtores já recebem de R$ 250 a R$ 370/ha/ano para manter excedente florestal de pé.

Revista DBO | Na vanguarda ambiental

VEJA mais destaques da edição de julho; na capa, Liga do Araguaia entra no “mercado verde”. Alguns produtores já recebem de R$ 250 a R$ 370/ha/ano para manter excedente florestal de pé.

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.