Preços do leite pago ao produtor tem alta em agosto, diz Conab

De acordo com o levantamento da estatal, as cotações subiram 34,6% no mês passado, na comparação com igual período de 2020.

A Companhia Nacional de Abastecimento informou que o preço do leite pago ao produtor manteve a tendência de alta no mês de agosto. De acordo com o levantamento da estatal, as cotações subiram 34,6% no mês passado, na comparação com igual período de 2020.

Em relação ao mês anterior, de julho, a alta foi de 5,2%.

VEJA TAMBÉM | IBGE: aquisição de leite recua 11,4% no 2º tri/21 na comparação com o primeiro trimestre do ano

A conjuntura desafiadora de altos custos de grãos, além da desvalorização do real ante o dólar, afetou os custos de produção da atividade. Isso levou a um aperto nas margens de lucro do produtor e da indústria leiteira, conforme a Conab.

No mercado disponível, entretanto, os preços ficaram estáveis ante os de julho, em função do aumento sazonal da produção, que equilibrou o mercado, acrescentou a companhia.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

No embalo do mercado

Confira os destaques da edição de dezembro; na capa, fazenda da BRPec Agropecuária, com mais de 130 mil ha no MS, trocou o ciclo completo pela cria, mas mantém estrutura para virar a chave se o cenário mudar

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.