Safra de milho pode chegar a cerca de 120 milhões de hectares, prevê Agroconsult

O crescimento é de 39% em comparação com a temporada anterior; soja deve sofrer com queda de 2,95 milhões de toneladas a menos em comparação a 2020/21

Nos próximos dias, deve ser dada a largada aos plantios da segunda safra de milho. É justamente sobre este ciclo que estão todas as esperanças para que o Brasil colha uma safra total de 119,4 milhões de toneladas.

Esta é a previsão inicial do Rally da Safra 2022, expedição organizada pela Agroconsult, e que rodará pelo País até junho.

Se confirmado os prognósticos da consultoria com sede em Florianópolis (SC), a colheita deverá ser 39,0% maior sobre a temporada anterior, e 14,7%, ante o resultado da safra do grão em 2019/2020.

Os resultados foram divulgados na quinta-feira, 13, durante um webinar organizado pela Agroconsult.

Foto: Divulgação/Agroconsult

“A gente vai conseguir plantar bem o milho. De fato, o plantio da soja foi adiantado e a janela do milho de segunda safra é muito favorável e é um grão que terá muito investimento de tecnologia”, avalia o engenheiro agrônomo André Debastiani, sócio e analista de grãos da Agroconsult e coordenador do Rally da Safra.

A área total do milho é estimada em 20,8 milhões, considerando a área de milho verão de 5,1 milhões de hectares. No ano passado, a área total de milho chegou a 19,7 milhões de hectares. Se as previsões se confirmarem, o aumento seria de 5,6% de área.

VEJA TAMBÉM | Situação das lavouras no oeste do PR é devastadora, com perdas de mais de 70%

Para Debastiani, a aposta é certeira em maiores plantios do cereal com todo o apelo do grão no mercado internacional, bem como a necessidade no mercado interno, especialmente entre os confinadores de gado.

“Quando a gente olha em termos de estímulo ou para plantio do milho, ele ainda é muito grande. Nós vamos ter um aumento significativo de área do milho segunda safra. Estamos falando de uma área de 15,7 milhões hectares”, diz Debastiani.

Seca faz cair produção de soja

Por outro lado, a lavoura da soja teve as previsões reduzidas por conta de seca e de altas temperaturas em algumas regiões produtoras.

A estimativa de produção é de 134,2 milhões de toneladas, 7% abaixo das projeções pré-plantio, que eram de 144,3 milhões de toneladas. A área plantada é estimada em 40,7 milhões de hectares – 5% maior que a safra passada.

As principais regiões produtoras do País apresentam cenários distintos. Foram detectadas boas expectativas em Mato Grosso, Goiás, norte de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e na região do Matopiba.

Já a porção sul de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul acumulam perdas irreversíveis.

Na metade mais ao Sul do Brasil, a falta de chuva e as altas temperaturas desde o fim de novembro causaram perdas ao potencial produtivo das lavouras. A produção atualmente projetada é 2,95 milhões de toneladas inferior à da safra 2020/2021.

“Os problemas climáticos impedem uma terceira safra recorde consecutiva, depois de 2019/2020 e de 2020/2021”, diz Debastiani.

A produtividade média de soja do Brasil para a safra 2021/2022 é estimada em 55 sacas por hectare, a menor desde a safra 2015/2016 quando o Brasil registrou 49,3 sacas por hectare.

CLIQUE AQUI e confira na íntegra a apresentação dos resultados preliminares da safra.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Revista DBO | Ele quer todo gado na sombra

VEJA os destaques da edição de maio e o Especial Instalações e Equipamentos; na capa, a Agropastoril Campanelli investe em cobertura metálica dos currais e comprova ganho de mais de meia arroba por animal engordado na sombra

Revista DBO | Ele quer todo gado na sombra

VEJA os destaques da edição de maio e o Especial Instalações e Equipamentos; na capa, a Agropastoril Campanelli investe em cobertura metálica dos currais e comprova ganho de mais de meia arroba por animal engordado na sombra

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.