Tensão Irã X EUA pode favorecer mix mais alcooleiro

A tensão entre os países foi acirrada com o ataque norte-americano que matou o general iraniano Qassim Suleimani na noite de ontem (02)

O acirramento na crise entre Irã e Estados Unidos pode favorecer um mix mais alcooleiro no Brasil, com mais cana-de-açúcar destinada à produção do biocombustível, diz o analista da Paragon Global Markets Michael McDougall.

“Com a alta do petróleo, a Petrobras vai elevar os preços da gasolina e assim o etanol se torna mais competitivo, podendo ter alta no consumo”, explicou McDougall ao Broadcast Agro.

O eventual aumento do consumo do etanol, por sua vez, pode estimular as usinas brasileiras a processarem maior volume de etanol em detrimento do beneficiamento de açúcar. Outro fator que pode ser favorável para a produção brasileira de etanol é a melhora na relação de paridade do biocombustível ante o adoçante. “A paridade do etanol vai aumentar ainda mais com a elevação dos preços do açúcar”, acrescenta McDougall.

Segundo o analista, ontem a paridade do etanol fechou em alta de 5,62 pontos porcentuais ante o açúcar. O analista pondera, contudo, que a alta dos preços internacionais do açúcar está sendo limitada pela dúvida se o Irã continuará comprando volume expressivo do produto indiano. “A dúvida é até que ponto esse ambiente adverso pode complicar a comercialização”, diz McDougall.

Nesta manhã, os contratos futuros de açúcar demerara operam em alta de cerca de 1% na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), sendo negociados a 13,27 centavos de dólar por libra-peso às 12h de Brasília. A tensão entre Irã e Estados Unidos foi acirrada com o ataque norte-americano que matou o general iraniano Qassim Suleimani na noite de ontem. Os futuros de petróleo brent e wti operam em alta de cerca de 4%.

Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Publieditorial

2742961

Newsletters DBO

Os destaques do dia da pecuária de corte, pecuária leiteira e agricultura diretamente no seu e-mail.