Tereza Cristina: China deverá fazer visita ao Brasil em breve

Ministra viajará para a Ásia em maio e disse que o Brasil conta com uma importante oportunidade de exportação de carnes devido ao surto de peste suína africana

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, acredita que uma nova missão do governo chinês deve vir ao Brasil para vistoriar plantas frigoríficas que esperam ser habilitadas a exportar ao país asiático. “Acreditamos que eles (chineses) virão em uma nova visita, dada a necessidade de adquirir proteína animal”, afirmou a ministra na segunda-feira, 22 de abril, após reunião na Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), na capital paulista.

Tereza Cristina tem viagem marcada para a Ásia em maio e disse que o Brasil conta com uma importante oportunidade de exportação de carnes devido ao surto de peste suína africana (PSA) no continente.

Na última missão ao Brasil, autoridades chinesas vistoriaram dez plantas frigoríficas de aves e bovinos que pretendiam exportar a carne ao país. Em março, os chineses responderam negativamente ao pleito dos brasileiros e pediram mais informações que serão levadas pela ministra no mês que vem. “Quando levarmos os questionamentos, vamos checar com mais clareza se a China fará uma nova visita ao Brasil ou se abrirão mais o mercado de proteína animal com base nos questionários”, explicou.

O objetivo da ministra é promover as três carnes principais durante a missão ao continente asiático: suína, bovina e de frango. Além disso, Tereza Cristina destacou que falará sobre a soja com os chineses, visto que o governo do país está prestes a fechar um acordo com os norte-americanos – maiores concorrentes do Brasil no fornecimento da oleaginosa. No momento, afirma a ministra, o Brasil precisa mostrar que continuará sendo um importante parceiro no setor de grãos.

Com o surto da peste suína, também existe a possibilidade de redução nos embarques de soja para a China, pois a necessidade de fabricação de ração do país diminuiu com o fato de que animais estão sendo abatidos. “Com certeza diminuirá a exportação de soja aos chineses, mas vamos agregar valor através das carnes”, acrescentou. Antes da China, Tereza Cristina passará pelo Japão para participar de reunião com seus pares da Agricultura no G20.

Segundo ela, na pauta também serão tratadas negociações para os mercados de carnes e café, com destaque para o café gourmet que está sendo “bem desenvolvido” no Brasil, afirmou. Na sequência, a ministra segue para Xangai, na China, para participar da feira Sial, que acontece entre os dias 14 e 16 de maio. Também há agenda marcada para Pequim, com ela se encontrará com autoridades chinesas. O próximo destino será o Vietnã, que “pediu para conversar com o governo do Brasil para tratar sobre proteína animal”, contou Tereza Cristina. O último destino da missão é a Indonésia, onde também serão negociadas aberturas de mercado.

Mundo árabe

Ainda no mercado de proteína animal, a ministra classificou a decisão da Arábia Saudita de desautorizar a exportação de carne de frango de cinco unidades brasileiras, tomada em janeiro, como um contingenciamento. “Há possibilidade de reverter isso e continuarmos embarcando normalmente para o mundo árabe”, comentou. Ela lembrou que, desde a decisão dos sauditas, todas as tratativas necessárias estão sendo adotadas e a possível reversão viria porque foi apenas uma medida estratégica daquele país.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no pocket
Pocket
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no tumblr
Tumblr
Compartilhar no print
Print

Notícias relacionadas:

[banner-link-364-x-134-home-geral1]

[banner-link-364-x-134-home-geral2]

[banner-link-364-x-134-home-geral3]

TV DBO

A DBO Editores Associados, fundada em junho de 1982, sempre se caracterizou como empresa jornalística totalmente focada na agropecuária. Seu primeiro e principal título é a Revista DBO, publicação líder no segmento da pecuária de corte. O Portal DBO é uma plataforma digital com as principais notícias e conteúdo técnico dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Todos direitos reservados @ 2019 | Rua Dona Germaine Burchard, 229 | Bairro de Perdizes, São Paulo-SP

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
×
×

Carrinho

Encontre as principais notícias e conteúdos técnicos dos segmentos de corte, leite, agricultura, além da mais completa cobertura dos leilões de todo o Brasil.

Encontre o que você procura:

BLACK FRIDAY DBO

Plano anual

-25% OFF

Conteúdo de qualidade para quem vive de pecuária.